Após aparecimento de macacos mortos, Nova Lima intensifica vacinação

0

A Policlínica Municipal e as 12 Unidades de Básicas de Saúde (UBSs) do município ficarão abertos das 8h às 17h no sábado (18)

Com dois casos de mortes de macacos em investigação sob suspeita de febre amarela, a Prefeitura de Nova Lima realizará no próximo sábado (18) uma ação de intensificação da vacinação contra a doença. Os usuários que ainda não estão imunizados deverão procurar, com o cartão de vacina em mãos, a Policlínica Municipal ou uma das 12 Unidades de Básicas de Saúde (UBSs), que ficarão abertos das 8h às 17h na data.

Ainda de acordo com o município, pessoas acima de 5 anos, que possuem duas doses registradas no cartão ao longo da vida, são consideradas imunizadas, uma vez que, desde dezembro de 2014, o Ministério da Saúde não orienta mais o reforço contra a febre amarela a cada 10 anos.

A vacina é contraindicada a bebês com menos de seis meses de idade, pessoas com baixa imunidade (causada por doença ou algum tipo de tratamento) e pessoas que têm alergia a ovos e derivados. Pessoas com mais de 60 anos, sem comprovante de vacinação ou que nunca tenha se vacinado, deverão passar por avaliação médica.

“Durante todo o ano de 2016, cerca de 6.000 pessoas receberam a dose da vacina contra a febre amarela em Nova Lima, enquanto mais de 7.300 foram imunizadas apenas nestes primeiros 45 dias do ano”, afirma a prefeitura em nota divulgada nesta terça-feira (14).

Os dois macacos achados mortos foram encontrados no início de fevereiro e os exames que apontarão a causa dos óbitos ainda não foram concluídos. Com isso, apesar de não haver registro de humanos contaminados na cidade, a Prefeitura resolveu intensificar a vacinação.

Fonte: O Tempo

Campartilhe.

Deixe Um Comentário

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Curta nossa página no Facebook
error: Conteúdo Protegido!