Audiência sobre aumento do IPTU é adiada na Câmara Municipal de Nova Lima - Jardim Canadá Nova Lima MG

Audiência sobre aumento do IPTU é adiada na Câmara Municipal de Nova Lima

0

A audiência que discutiria nesta terça-feira (26) a mudança no cálculo do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de Nova Lima foi adiada. Moradores da cidade, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foram para a frente da Câmara Municipal nesta manhã protestar mais uma vez contra a possibilidade de reajuste do imposto. O Legislativo não informou o motivo do adiamento.

A proposta da prefeitura é alterar a base de cálculo do IPTU para que seja mais condizente o valor real dos imóveis. Mas, segundo o Sindicato da Indústria da Construção Civil de Minas Gerais (Sinduscon-MG), a medida não tem fundamento e pode gerar aumentos até 500%.

Os moradores chegaram cedo para participar da reunião e teve tumulto. Antes mesmo de ela começar, houve bate-boca entre grupos contrários e a favor do reajuste do IPTU.

O projeto de lei que propõe mudanças no cálculo do imposto de Nova Lima vem sendo alvo de discussão desde que a prefeitura enviou para apreciação da Câmara de Vereadores. Há nove dias, moradores se reuniram no bairro Vila da Serra para protestar.

Em um vídeo postado no último domingo numa rede social quatro vereadores pedem o adiamento da tramitação do IPTU na câmara e mais tempo para discutir a proposta.

No dia 18 de dezembro, o secretário de Fazenda, Walmir Braga, esteve no Bom Dia Minas. Para a prefeitura, a base do cálculo está defasada causando discrepância nos cálculos de lotes e áreas construídas. A proposta seria chegar a um valor mais condizente com os valores reais dos imóveis.

“O valor do IPTU com base no valor percentual do imóvel. (…) Você vai pegar o valor da sua casa ver se o valor está adequada ao valor de mercado com base em critérios objetivos”, disse o secretário.

Hoje seria a última sessão ordinária na câmara, mas o presidente decidiu não realizar a reunião. Alguns vereadores disseram que foram pegos de surpresa e moradores saíram desapontados.

Campartilhe.

Deixe Um Comentário

*

Curta nossa página no Facebook
error: Conteúdo Protegido!