Barragem em Macacos está entre as dez que a Vale prometeu desativar

0

Estrutura tem a mesma classificação da barragem que se rompeu em Brumadinho, que é a baixo risco de ocorrência de acidente, mas alto risco de dano potencia

A Barragem em Macacos está entre as dez que a Vale prometeu desativar. Ela tem a mesma classificação da barragem que se rompeu em Brumadinho, que é a  baixo risco de ocorrência de acidente, mas alto risco de dano potencial.

No dia 8 de fevereiro, moradores de Barão de Cocais, na Região Central de Minas Gerais, e de Itatiaiuçu, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, tiveram de sair de suas casas por causa de risco de rompimento de barragens.Na última semana, O Tempo publicou que Nova Lima poderia ficar debaixo de lama em quatro minutos, caso haja rompimento da barragem Capão da Serra, em Nova Lima.

A estimativa foi feita pela responsável pela barragem, a Vale, em seu plano de ação emergencial de barragem, ao qual a reportagem de O TEMPO teve acesso.

O plano prevê que, além de atingir o condomínio Pasárgada – um dos mais luxuosos de Nova Lima – rapidamente, em caso de uma ruptura, a lama ainda poderia destruir o distrito de São Sebastião das Águas Claras, conhecido como Macacos, em apenas 12 minutos. Nesse local existem 304 casas residenciais, além de várias pousadas e restaurantes.

Fonte:  O Tempo

Campartilhe.

Deixe Um Comentário

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Curta nossa página no Facebook
error: Conteúdo Protegido!