Boteco Baixo Serra Inconfidentes abre espaço para cervejas artesanais

0

Cerveja especial é assunto que está na ordem do dia em Belo Horizonte. Cada quarteirão parece ter sempre alguém produzindo a bebida, seja lá em que escala for, e a febre se desdobra não apenas em rótulos e mais rótulos, mas também em lugares para encontrá-los. Por esse motivo, chama a atenção a recente inauguração do Baixo Serra Inconfidentes, bar da Serra que praticamente só vende chope e garrafas das marcas mineiras Grimor e Vinil.

“Praticamente” porque, por enquanto, é possível pedir Heineken e Original, ainda que elas nem figurem no cardápio. Assim, é possível atender quem não foi “convertido” à cultura da cerveja especial, mas nenhum esforço é feito para vendê-las e a intenção é mesmo que elas desapareçam o quanto antes do local. A política de preço em relação às mineiras, inclusive, é simplificada para encorajar seu consumo: qualquer chope custa a R$ 7,90 e qualquer garrafa (600ml), R$ 19,90.

No momento, a casa dispõe da amber lager e da american IPA da Grimor e, no caso da Vinil, da bohemian pilsner, da british IPA e da dry stout. Entre as sazonais, a Tropicália, cerveja de trigo da Vinil, é a única disponível. Sobre o balcão, há uma chopeira de três bicos a oferecer a bohemian pilsner, a dry stout e uma curiosa lager que leva flores (rosa e hibisco), produzida pela Grimor. As marcas compartilham a mesma fábrica (o projeto conjunto é chamado de Inconfidentes), no bairro Jardim Canadá, em Nova Lima, alternando os dias de produção.

Campartilhe.

Deixe Um Comentário

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Curta nossa página no Facebook
error: Conteúdo Protegido!