Cervejas artesanais terão selo de qualidade

0

A partir de janeiro, as 13 microcervejarias instaladas em Nova Lima poderão solicitar a análise de seu produto

O turismo gastronômico em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), ganhou mais um incentivo este mês: o selo de qualidade para cervejas artesanais. A partir de janeiro do ano que vem, as 13 microcervejarias instaladas na cidade poderão solicitar a análise de seu produto, a fim de garantir o selo que não apenas atestará a qualidade das cervejas, como ajudará na divulgação do polo como atrativo turístico de Nova Lima. Junto com o selo, o município também está desenvolvendo o Circuito Cervejeiro, que é um mapa para visitação das microcervejarias locais.

As iniciativas são do Departamento de Turismo de Nova Lima, que tem a missão de fomentar as diferentes vocações de turismo da cidade. “O trabalho de incentivo ao turismo na cidade se dá em torno de três principais pontos: gastronomia, ecoturismo e patrimônio. Na gastronomia, temos destaque para a comida de influência inglesa, mas também para o polo cervejeiro, que é muito forte na cidade. O selo é uma iniciativa para tornar as cervejarias da cidade uma referência”, explica a gestora do departamento, Fabiana Giorgini.

Ela destaca que o selo surge como uma iniciativa para trazer de volta a ideia de território e de identidade do município de Nova Lima para uma de suas atividades turísticas. Isso porque, ao longo dos anos, alguns pontos da cidade começaram a ser conhecidas separadamente, quase que independentes de Nova Lima, como a região da Lagoa dos Ingleses ou o bairro Jardim Canadá. “O selo quer fomentar a gastronomia, mas tem como referência a cidade de Nova Lima, dando uma identidade única para essa vocação turística da cidade”, frisa.

Nesse sentido, o desenho escolhido para ser o selo das cervejas artesanais traz muitas referências do município. A imagem foi escolhida por meio de concurso realizado pela prefeitura municipal, entre os meses de julho e setembro deste ano. O trabalho selecionado foi o do designer nova-limense Vittorio OtheroTorchetti. O selo traz no centro o desenho de um leão, que está ligado à cultura inglesa e ao time de futebol oficial da cidade, Villa Nova, além de referência à atividade mineradora, que deu origem ao município, e elementos ligados à cerveja.

Fabiana Giorgini explica que as próprias cervejarias poderão solicitar o selo a partir de janeiro do ano que vem. Para isso, o município já está providenciando uma licitação para a escolha das empresas que ficarão responsáveis pelos testes de qualidade. “Para obter o selo a cervejaria deverá contratar uma das empresas selecionadas pelo município e submeter seu produto a testes de qualidade, que consistem em análises de microbiologia, assim como análise sensorial, que verifica a legitimidade do estilo da cerveja”, explica.

Segundo ela, cada cervejaria tem que ter, pelo menos, 60% de seus rótulos alcançando uma escala mínima de sete pontos para receber a certificação.

Raio-X – De acordo com a gestora, a expectativa é de que todos os empresários do setor solicitem o selo o quanto antes. Ela destaca que Nova Lima tem 13 microcervejarias, além de 11 Home Brews (cervejeiros caseiros) que produzem, juntos, um volume de 390 mil litros por mês da bebida. O polo faz parte de um poderoso segmento, que tem crescido consideravelmente no Estado. Segundo o Superintendente do Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral do Estado de Minas Gerais (Sindbebidas), Cristiano Lamego, a expectativa é de que a produção de cerveja artesanal no Estado cresça 14% em 2017 em relação a 2016.

Além do selo, Nova Lima também pretende fomentar o polo com o Circuito Cervejeiro, que também foi criado este mês. Trata-se de um mapa com a localização das microcervejarias do município, sendo que algumas são abertas à visitação. Para incentivar o circuito, o município desenvolveu um passaporte, que será carimbado em cada indústria que o turista visitar.

Fonte: Diário do Comercio

Campartilhe.

Deixe Um Comentário

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Curta nossa página no Facebook
error: Conteúdo Protegido!